Arquivos
 12/06/2011 a 18/06/2011
 05/06/2011 a 11/06/2011
 29/05/2011 a 04/06/2011
 22/05/2011 a 28/05/2011
 15/05/2011 a 21/05/2011
 08/05/2011 a 14/05/2011
 01/05/2011 a 07/05/2011
 24/04/2011 a 30/04/2011
 17/04/2011 a 23/04/2011
 10/04/2011 a 16/04/2011
 03/04/2011 a 09/04/2011
 27/03/2011 a 02/04/2011
 20/03/2011 a 26/03/2011
 13/03/2011 a 19/03/2011
 06/03/2011 a 12/03/2011
 27/02/2011 a 05/03/2011
 20/02/2011 a 26/02/2011
 13/02/2011 a 19/02/2011
 06/02/2011 a 12/02/2011
 30/01/2011 a 05/02/2011
 23/01/2011 a 29/01/2011
 16/01/2011 a 22/01/2011
 09/01/2011 a 15/01/2011
 26/12/2010 a 01/01/2011
 19/12/2010 a 25/12/2010
 12/12/2010 a 18/12/2010
 05/12/2010 a 11/12/2010
 28/11/2010 a 04/12/2010
 21/11/2010 a 27/11/2010
 14/11/2010 a 20/11/2010
 07/11/2010 a 13/11/2010
 31/10/2010 a 06/11/2010
 24/10/2010 a 30/10/2010
 17/10/2010 a 23/10/2010
 10/10/2010 a 16/10/2010
 03/10/2010 a 09/10/2010
 26/09/2010 a 02/10/2010
 19/09/2010 a 25/09/2010
 12/09/2010 a 18/09/2010
 05/09/2010 a 11/09/2010
 29/08/2010 a 04/09/2010
 22/08/2010 a 28/08/2010
 15/08/2010 a 21/08/2010
 08/08/2010 a 14/08/2010
 01/08/2010 a 07/08/2010
 25/07/2010 a 31/07/2010
 18/07/2010 a 24/07/2010
 11/07/2010 a 17/07/2010
 04/07/2010 a 10/07/2010
 27/06/2010 a 03/07/2010
 20/06/2010 a 26/06/2010
 13/06/2010 a 19/06/2010
 06/06/2010 a 12/06/2010
 30/05/2010 a 05/06/2010
 23/05/2010 a 29/05/2010
 16/05/2010 a 22/05/2010
 09/05/2010 a 15/05/2010
 02/05/2010 a 08/05/2010
 25/04/2010 a 01/05/2010
 18/04/2010 a 24/04/2010
 11/04/2010 a 17/04/2010
 04/04/2010 a 10/04/2010
 28/03/2010 a 03/04/2010
 21/03/2010 a 27/03/2010
 14/03/2010 a 20/03/2010
 07/03/2010 a 13/03/2010
 28/02/2010 a 06/03/2010
 21/02/2010 a 27/02/2010
 14/02/2010 a 20/02/2010
 07/02/2010 a 13/02/2010
 31/01/2010 a 06/02/2010
 24/01/2010 a 30/01/2010
 10/01/2010 a 16/01/2010
 03/01/2010 a 09/01/2010
 27/12/2009 a 02/01/2010
 13/12/2009 a 19/12/2009
 06/12/2009 a 12/12/2009
 29/11/2009 a 05/12/2009
 22/11/2009 a 28/11/2009
 15/11/2009 a 21/11/2009
 08/11/2009 a 14/11/2009
 01/11/2009 a 07/11/2009
 25/10/2009 a 31/10/2009
 18/10/2009 a 24/10/2009
 11/10/2009 a 17/10/2009
 04/10/2009 a 10/10/2009
 27/09/2009 a 03/10/2009
 20/09/2009 a 26/09/2009
 13/09/2009 a 19/09/2009
 06/09/2009 a 12/09/2009
 30/08/2009 a 05/09/2009
 23/08/2009 a 29/08/2009
 16/08/2009 a 22/08/2009
 09/08/2009 a 15/08/2009
 02/08/2009 a 08/08/2009

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Terras de Cabral
 Gerald Thomas
 BLOG DOS QUADRINHOS
 BLOG DO SÉRGIO DÁVILA
 Ilustrada no Cinema
 Almir Feijó
 Blog do Solda
 PARALAXE - Rafael Barion
 Grupo Delírio Cia. de Teatro
 Omelete - sua cozinha pop
 Cronópios - literatura e arte no plural
 Paulo Biscaia
 Casa da Maitê




A ETERNIDADE E UM DIA Edson Bueno
 


Amigos, este blog mudou de endereço:

www.edsonbueno.blogspot.com



Escrito por Edson Bueno às 22h09
[] [envie esta mensagem
]





UM JACK SPARROW COM COMPLEXO DE INDIANA JONES!

Jack Sparrow - coadjuvante dos coadjuvantes...

Vale registrar aqui que adorei o primeiro filme da franquia “Piratas do Caribe”. Perdi a conta das vezes em que o assisti só nos cinemas. E que odiei o segundo. Mas odiei tanto que apesar de algumas recomendações nunca assisti ao terceiro. Só uma cena aqui, outra ali, em algumas de suas exibições nos canais a cabo. E esse quarto? “Navegando em Águas Misteriosas”? Bem, assim, por puro descuido, lá fui eu assisti-lo. E em 3D! Não é ruim como imaginei, só não é divertido nem emocionante, porque até na maior das maiores bobagens, o que faz a coisa ter graça é a complexidade dos personagens. Essa é a fórmula que os americanos conhecem bem, mas às vezes têm preguiça de desenvolver e sabem que não é, absolutamente, o que determina a bilheteria. É só uma questão de qualidade, mas quem precisa dela? E o Jack Sparrow? Ficou reduzido ao bobo da corte perdido na ideia estranhíssima de que a sua única graça está num certo palavrório autodepreciativo e numa espécie de cafajestice que acaba levando a um tipo esquisito de redenção por conta de alguma necessidade de que tenha a quinta, a sexta ou a sétima continuação. Afinal, só este quarto exemplar já rendeu 887 milhões de dólares mundo afora. Não são cifras para se desconsiderar. Como Indiana Jones procurava a arca perdida ou o cálice sagrado, Jack Sparrow parte em busca da fonte da juventude, que por sinal inclui dois cálices e alguma fantasia, digamos assim, pinçados de alguma cartilha mitológica. Dos três primeiros mudou o diretor (Gore Verbinski) e dá pra dizer que é uma mudança significativa. Se o ritmo cai por conta de um palavrório meio “não sabemos para onde estamos indo”, pelo menos não há tanta histeria a ponto de se perder o fio da meada, a praga que contaminou a franquia, e volta e meia assola grandes possibilidades (vide “Homem Aranha 3”, de Sam Raimi).  Rob Marshall (“Chicago”, “Nine”), o novo diretor, é um esteta. Cria planos belíssimos e compõe os quadros numa busca pictórica de beleza que até engana, principalmente graças ao 3D. Mas se tem senso de beleza clássica, não tem muito sentido de aventura, nem de espetáculo. O que sobra a Spielberg e a Peter Jackson, por exemplo, falta demais ao apolíneo Rob Marshall. E o roteiro simplista, no sentido de que “saímos daqui e vamos para lá, enfrentando perigos pelo caminho, na busca de um tesouro que obviamente será encontrado, mas não usado nem abusado”, se dá conta da historinha, sacaneia brutalmente o querido Johnny Depp. Insere dois piratas bandidos interpretados por dois monstros (Geoffrey Rush e Ian McShane), que simplesmente engolem o filme e dão altas lições de interpretação aos coadjuvantes e ao protagonista desavisado.. Pobre Jack, reservaram-lhe apenas algumas correrias e meia dúzia de piadinhas. E Penélope Cruz? Linda, charmosa e tempestuosa, mas que perde fácil pra qualquer sereia metade gente, metade efeito especial. “Piratas do Caribe – Navegando em Águas Misteriosas” não enche o saco, mas também não faz cócegas no cérebro, não desopila o fígado, nem faz você sentir-se num parque de diversões. É só um filminho cheio de ideias que você já viu dezenas de vezes em outros melhores e ainda vai rever em 2D ou 3D em mais uma dezenas de outros.



Escrito por Edson Bueno às 13h24
[] [envie esta mensagem
]





TEATRO NO YOUTUBE

Nesta madrugada assisti a toda cerimônia da entrega dos Tonys/2011, claro, no YouTube. Ah, os novos tempos! Nada muito a dizer porque não assisti a coisíssima nenhuma. Vai chegar o dia em que os espetáculos da Broadway (musicais e peças) vão ser transmitidos para os cinemas do mundo todo. Nem vai demorar muito, mas ainda assim não será teatro, porque teatro é ao vivo, não? Mas voltando aos Tony Awards. Como podem fazer uma cerimônia tão chique e divertida? Atores são criaturas endiabradas por natureza e quando deixam que eles brinquem com tudo e com todos, sabem manter a elegância e mostram-se especiais e apaixonados. Queria muito ter assistido “War Horse” (que o Spielberg transformou em filme e lança nos cinemas em dezembro!) o vencedor como melhor peça e como disse o Arthur Xexéo: “a melhor peça que assisti em 2010!” E, claro, meu inglês capenga me impediria de curtir todas as podrices de “The Book Of Mormon”, vencedor na categoria musical. Mas na telinha do PC foi divertidíssimo ver as reproduções dos musicais (novos e remontagem). Aliás, pela amostra dá pra perceber que apesar de todo o esforço, o divertido mesmo fica por conta do clássico. Quem resiste a Cole Porter e “Anything Goes”? Também foi bacanérrimo ver o Daniel Radcliffe cantando, dançando e mandando tudo isso muito bem ("How to Succeed in Business Without Really Trying") e ficar com água na boca de tanta vontade de assistir às performances de dois caras que ganharam como atores de peça e musical, e que pelo jeito botam pra quebrar: Sutton Foster, "Catch me if you Can" e John Benjamin Hickey, "The Normal Heart". Mas divertido mesmo foi ver a premiação de melhor atriz em peça! Batendo Vanessa Redgrave em “Driving Miss Daisy”, Frances Mcdormand, uma atriz excepcional, foi premiada por “Good People”. Mas, acompanhada do seu marido Coen, ela subiu ao palco descabelada e num figurino inacreditável! Deu um discurso total adrenalina e saiu quase dando de cara com uma perna do cenário. Enfim, teatro é sempre divertido, porque verdadeiros atores amam sua arte, tratam-na com carinho e ritual, mas não costumam se levar demais a sério. Fantástico!



Escrito por Edson Bueno às 11h30
[] [envie esta mensagem
]





CARTAZAÇO!!!

“Capitão América – O Primeiro Vingador”ganhou um cartaz retrô, que faz referência à capa da primeira história em quadrinhos do personagem (Captain America Comics #1, 1941). O cartaz foi pintado pelo artista Paolo Rivera.



Escrito por Edson Bueno às 12h41
[] [envie esta mensagem
]





E A MENTE DE BERNARDO QUINTÃO?

Filmes revelam a personalidade de seus fãs? Quem sabe... Olha aí a relação dos filmes que fizeram a cabeça do Bernardo, amigo que resolveu colaborar com a pesquisa...

 

Grande Edson! Os filmes que resgatei da memória, além dos que foram resgatados pelas ótimas listas já publicadas: “Na Natureza Selvagem/Into the Wild”, Sean Penn/ 2007;  Dogville”, Lars Von Trier/2003; “O Clube da Luta/Fight Club”, David Fincher/ 1999;  Adaptaçào/Adaptation”, Spike Jonze - 2002 “A Origem/Inception”, Christopher Nolan/ 2010, “Anticristo/Antichrist”, LarsVon Trier/ 2009;  Star Wars IV”, George Lucas/ 1977 (explico, eu tinha uns 12 anos quado vi pela primeira vez. life-changing!) “The Big Lebowski”, Brothers Coen/ 1998;  Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças/Eternal Sunshine ...”, Michel Gondry/2004; “Donnie Darko”, Richard Kelly/2001. Com certeza os mais malucos estão muito escondidos na mente pra serem resgatados :) Abs!

                                                                                                                                                

e...?



Escrito por Edson Bueno às 11h09
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]